Cinema

O Castelo de Cagliostro

O Castelo de Cagliostro
Título original: Rupan sansei - Kariosutoro no shiro
Ano: 1979
País: Japão
Duração: 100 min.
Gênero: Animação | Ação/Aventura
Diretor: Hayao Miyazaki (Nausicaä do Vale do Vento, O Castelo no Céu, Meu Amigo Totoro)
Trilha Sonora: Yûji Ôno (Cobra [1982], O Ouro da Babilônia)
Vozes: Yasuo Yamada, Tarô Ishida, Gorô Naya, Eiko Masuyama, Kiyoshi Kobayashi, Makio Inoue, Sumi Shimamoto, Kôhei Miyauchi, Ichirô Nagai, Tadamichi Tsuneizumi, Kinpei Azusa, Shôzô Hirabayashi, Mikio Terashima, Akio Nojima, Minoru Midorikawa, Osamu Saka
Avaliação: 7/10

Visto via Netflix em 10-ABR-2020, Sexta-feira

Personagem de origens obscuras, Lupin o Terceiro (ou Lupin III) é o protagonista desta animação, a primeira dirigida por Hayao Myiazaki e a segunda parte de uma longeva série cinematográfica, dando sequência às aventuras do original O Segredo de Mamo. Esta encarnação de Lupin foi apresentada ao público em forma de mangá em 1967 como neto do personagem Arséne Lupin, ladrão galante criado em 1905 pelo francês Maurice Leblanc. Mesmo concebido à revelia do criador original por um artista japonês, Lupin III acabou se tornando na verdade muito popular, e mesmo sem prévio conhecimento de sua galeria de personagens é possível se divertir com O Castelo de Cagliostro. Após descobrirem que o dinheiro de seu último assalto é falso, Lupin (voz de Yasuo Yamada) e seu fiel companheiro Jigen (voz de Kiyoshi Kobayashi) vão até um castelo onde as notas falsas estariam sendo produzidas, mas encontram muito mais que isso por lá. A começar por uma donzela (voz de Sumi Shimamoto) que está sendo perseguida e forçada a se casar com um conde malvado (voz de Tarô Ishida). A história demora um pouco a engrenar, mas quando o faz vai em excelente ritmo até o final. Protagonista com forte apelo aventuresco, heroico e mulherengo, Lupin fica no centro das atenções porém divide os holofotes com coadjuvantes interessantes como a ex-namorada e espiã Fumiko (voz de Eiko Masuyama) e o atrapalhado policial Zenigata (voz de Gorô Naya). O único que soa mal aproveitado e jogado de qualquer jeito na narrativa é o ninja Goemon (voz de Makio Inoue).

As peripécias da turma de Lupin continuam em O Ouro da Babilônia, lançado em 1985.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!