Cinema

Meu Amigo Tororo

Meu Amigo Tororo
Título original: Tonari no Totoro
Ano: 1988
País: Japão
Duração: 86 min.
Gênero: Animação | Fantasia
Diretor: Hayao Miyazaki (O Serviço de Entregas da Kiki, Porco Rosso - O Último Heroi Romântico, Princesa Mononoke)
Trilha Sonora: Joe Hisaishi (Venus Wars, O Mar Mais Silencioso Daquele Verão)
Vozes: Noriko Hidaka, Chika Sakamoto, Shigesato Itoi, Sumi Shimamoto, Tanie Kitabayashi, Toshiyuki Amagasa, Hitoshi Takagi, Yûko Maruyama, Machiko Washio, Reiko Suzuki, Masashi Hirose, Shigeru Chiba, Naoki Tatsuta, Tomohiro Nishimura
Avaliação: 8/10

Visto via Netflix em 21-AGO-2020, Sexta-feira

Em matéria de animação em longa-metragem, os estúdios Ghibli sempre foram um dos mais prolíficos e admirados em todo o mundo. Meu Amigo Totoro é, sob vários pontos de vista, um de seus primeiros grandes trabalhos (o outro sendo O Túmulo dos Vagalumes), apontando também para um visível amadurecimento visual e narrativo do diretor Hayao Miyazaki. Despindo-se das nuances de escopo grandioso dos anteriores Nausicäa do Vale do Vento e O Castelo no Céu, Meu Amigo Totoro apresenta a singela história de duas irmãs de 10 e 4 anos (vozes de Noriko Hidaka e Chika Sakamoto) que mudam-se com o pai para uma cidadezinha rural a fim de ficar mais próximas da mãe doente, que convalesce num hospital próximo. Enquanto exploram as redondezas elas acabam fazendo amizade com vários espíritos da floresta, em especial uma criatura gigante e peluda à qual dão o nome de Totoro. Meu Amigo Totoro é um filme cuja apreciação por crianças e adultos tende a crescer em cada revisão. A simplicidade da história vai de encontro à ideia da inocência que marca a infância, retratada de maneira cativante na figura das duas irmãs e na abstração que advém das criaturas fantásticas que surgem na segunda metade do filme. Essa inocência dá vazão tanto ao fascínio quanto aos perigos que elas enfrentam, sempre adornados por visuais e cores de muito bom gosto.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!