Cinema

Núpcias de Escândalo

Núpcias de Escândalo
Título original: The Philadelphia Story
Ano: 1940
País: Estados Unidos
Duração: 112 min.
Gênero: Comédia
Diretor: George Cukor (Sagrado e Profano, Perdidamente Tua, Adorável Pecadora)
Trilha Sonora: Franz Waxman (Crepúsculo dos Deuses, Um Lugar ao Sol, Janela Indiscreta)
Elenco: Katharine Hepburn, Cary Grant, James Stewart, Ruth Hussey, John Howard, Roland Young, John Halliday, Mary Nash, Virginia Weidler, Henry Daniell, Lionel Pape, Rex Evans
Distribuidora do DVD: Warner
Avaliação: 9

Grande veículo para a reabilitação da carreira de Katharine Hepburn, que não se encontrava no melhor de seus momentos ao final dos anos 30, Núpcias de Escândalo reúne a estrela com dois dos melhores atores de sua geração numa comédia romântica adaptada de uma peça de teatro estrelada pela própria Hepburn, cujos direitos para o cinema foram comprados e dados a ela de presente pelo seu então admirador Howard Hughes. Um sucesso, o filme concorreu a vários Oscar, amealhando o prêmio de melhor roteiro e também o de melhor ator principal para James Stewart.

Dois anos depois de se divorciar do primeiro, nebuloso e tempestuoso casamento, a ricaça Tracy Lord (Hepburn) está novamente prestes a contrair matrimônio, desta vez com o aspirante a político George Kittredge (John Howard). Porém, dias antes da celebração, sua família é surpreendida pela chegada súbita de um escritor metido a repórter (James Stewart), uma pintora metida a fotógrafa (Ruth Hussey) e o ex-marido em pessoa, o charmoso C. K. Dexter Haven (Cary Grant), que se instalam como hóspedes na casa graças a uma chantagem de um jornal sensacionalista envolvendo o pai da noiva (John Halliday). A dupla do jornal deve escrever a história do casamento de Tracy, e ela e sua família decidem colaborar com a farsa para não ver o nome do patriarca da família ser manchado em público. Mas a presença tanto do ex-marido quanto do escritor farão com que ela repense sua importante decisão até o fatídico momento do "sim".

O próprio Donald Ogden Stewart, ganhador do Oscar de melhor roteiro, credita seu sucesso à qualidade do texto original do autor Philip Barry, que havia escrito a peça especificamente para Katharine Hepburn. Núpcias de Escândalo (tradução extremamente feliz para o título original bem sem graça) pertence à sempre agradável categoria das comédias românticas da época de ouro de Hollywood, quando os nomes das estrelas ainda eram quase uma garantia de qualidade nos filmes, e o star system realmente glorificava quem de fato o merecia. Após uma sessão do filme, fica bastante claro que seu grande diferencial é verdadeiramente seu elenco, liderado por uma Katharine Hepburn ainda no auge de sua beleza e talento. É um deleite assistir à tríade Grant-Hepburn-Stewart, e são eles que nos fazem relevar a desculpa meio esfarrapada que coloca o trio de forasteiros (Cary Grant, James Stewart e Ruth Hussey) dentro da mansão da orgulhosa Tracy Lord.

Ao realizar o filme, George Cukor deixava para trás a decepção de ter sido demitido do comando de E o Vento Levou. Para sua sorte, a história da ricaça mimada que desce do pedestal graças às atenções de um escritor e de seu ex-marido beberrão é hoje considerada um dos melhores trabalhos de sua premiada carreira.

No primeiro DVD da edição dupla da Warner há uma preciosa faixa de comentários de Jeanine Basinger, além do trailer do filme e também de À Meia Luz, Les Girls e My Fair Lady, todos dirigidos por George Cukor. O disco extra vem com dois documentários de peso com aproximadamente uma hora de duração cada: All About Me (David Heeley, 1993), co-escrito e narrado pela própria Katharine Hepburn, e The Men Who Made the Movies: George Cukor, da série concebida pelo documentarista Richard Schickel em 1973, que estranhamente ignora alguns dos filmes mais proeminentes da carreira do diretor. Acompanham o material os curtas That Inferior Feeling (Basil Wrangell, 1940) e The Homeless Flea (Rudolf Ising, 1940), desenho animado da MGM no melhor estilo Tom & Jerry.

Texto postado por Kollision em 5/Abril/2006

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!