Cinema

Quadrilha de Sádicos

Quadrilha de Sádicos
Título original: The Hills Have Eyes
Ano: 1977
País: Estados Unidos
Duração: 90 min.
Gênero: Suspense
Diretor: Wes Craven (Verão do Medo, Bênção Mortal, O Monstro do Pântano)
Trilha Sonora: Don Peake (Até que a Morte os Separe, Na Estrada... Com Muito Amor, O Espetáculo Não Pode Parar)
Elenco: Suze Lanier-Bramlett, Robert Houston, Martin Speer, Dee Wallace, Russ Grieve, John Steadman, James Whitworth, Virginia Vincent, Lance Gordon, Michael Berryman, Janus Blythe, Cordy Clark, Brenda Marinoff, Peter Locke
Avaliação: 7/10

Visto via Tubi TV em 7-JUL-2020, Terça-feira

Depois de se aventurar num segundo trabalho assumidamente pornográfico, Wes Craven retorna à normalidade em Quadrilha de Sádicos, seu terceiro trabalho como diretor e hoje considerado um clássico cult. Refilmado em 2006 como Viagem Maldita (com produção do próprio), o longa foi concebido pelo cineasta como uma crítica mordaz à sociedade norteamericana, mas é lembrado por quase todos por motivos mais óbvios e mundanos. Quando o patriarca teimoso de uma família os conduz a uma área deserta e inabitada, o trailer que os leva sofre um acidente e eles ficam presos ali durante a noite. Enquanto ele e o genro saem para procurar ajuda, uma família de canibais que vive nas montanhas próximas os ataca com ferocidade animalesca. O que se segue é uma noite de violência e morte que leva todos ao limite. Ainda que suplantado em matéria de tensão e brutalidade pela refilmagem, Quadrilha de Sádicos garante seu lugar no panteão do cinema marginal por vários motivos. Foi aqui que Dee Wallace começou a se tornar uma "rainha do grito" na época, por exemplo. O carecão sinistro Michael Berryman, que encarna o marginal Pluto, encontrou o nicho perfeito para se converter num ícone do cinema de horror por anos a fio. Já a atriz Janus Blythe, que faz a única mulher entre os desajustados, é visivelmente muito bonita para ter passado a vida sob condições desumanas em pleno deserto. Embora o trabalho de caracterização dos canibais deixe um pouco a desejar, no geral o elenco é um dos fatores determinantes para o sucesso do filme.

Foi o próprio Wes Craven quem dirigiu a sequência Quadrilha de Sádicos 2, lançada em 1984.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!