Cinema

O Monstro do Pântano

O Monstro do Pântano
Título original: Swamp Thing
Ano: 1982
País: Estados Unidos
Duração: 91 min.
Gênero: Ficção científica
Diretor: Wes Craven (Convite para o Inferno, Quadrilha de Sádicos 2, A Hora do Pesadelo [1984])
Trilha Sonora: Harry Manfredini (Sexta-feira 13 - Parte 3, A Maldição de Mojave, Primavera na Pele)
Elenco: Ray Wise, Louis Jourdan, Adrienne Barbeau, David Hess, Nicholas Worth, Reggie Batts, Don Knight, Al Ruban, Dick Durock, Ben Bates, Nannette Brown, Mimi Craven, Karen Price
Distribuidora do DVD: Paragon Multimedia
Avaliação: 4/10

Visto em DVD em 5-DEZ-2012, Quarta-feira

Nesta que é uma das adaptações de HQs mais obscuras de todos os tempos, o diretor Wes Craven tenta dar vida ao conto do cientista amaldiçoado que se transforma numa criatura meio homem e meio vegetal. Alec Holland (Ray Wise) conduz experimentos revolucionários nos pântanos da Louisiana com a nova integrante de sua equipe (Adrienne Barbeau), mas é surpreendido por uma gangue de mercenários que deseja roubar a sua fórmula de crescimento vegetal acelerado. Um acidente faz com que Holland sofra uma mutação e incorpore DNA de plantas ao seu próprio corpo, tornando-se um monstro (interpretado por Dick Durock). Ele passa a ser perseguido pelo dr. Arcane (Louis Jourdan), o inescrupuloso empresário que quer replicar sua fórmula. Fora do seu ambiente regular, Craven tenta manter o filme movimentado mas não pode fazer muita coisa com o orçamento apertado, lançando mão de um senso de humor afinado para provocar reações no espectador. Observa-se, por exemplo, que num pântano daquele tamanho não há um crocodilo sequer para morder as canelas do enlameado elenco. Em contrapartida, o vilão que arranjaram para o desfecho é uma piada e praticamente faz o filme valer a pena em sua natureza de fetiche trash – o que não dá para se dizer de O Homem-Coisa, personagem-espelho da Marvel que ganharia uma adaptação cinematográfica equivocada em 2005. Um detalhe interessante em O Monstro do Pântano é a trilha sonora de Harry Manfredini, compositor que se mostra bem preguiçoso e praticamente repete o trabalho que começara a desenvolver há bem pouco tempo para a série Sexta-feira 13.

O Monstro do Pântano ganhou uma sequência de orçamento ainda mais reduzido em 1989, apropriadamente intitulada A Volta do Monstro do Pântano.

A seção de extras do DVD inclui biografias curtas de Wes Craven, Louis Jordan e Adrienne Barbeau, uma galeria de pôsteres animada e o trailer do filme.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!