Cinema

Free Guy - Assumindo o Controle

Free Guy - Assumindo o Controle
Título original: Free Guy
Ano: 2021
País: Estados Unidos
Duração: 115 min.
Gênero: Comédia
Diretor: Shawn Levy (Endereço Desconhecido, Amor na Hora Certa, O Grande Mentiroso)
Trilha Sonora: Christophe Beck (Sociedade Secreta 2, Promessa é Dívida, Confidence - O Golpe Perfeito)
Elenco: Ryan Reynolds, Jodie Comer, Lil Rel Howery, Joe Keery, Utkarsh Ambudkar, Taika Waititi, Channing Tatum, Aaron W Reed, Britne Oldford, Camille Kostek, Mark Lainer, Mike Devine, Sophie Levy, Vernon Scott, Chris Evans
Avaliação: 7/10

Visto via Star Plus em 6-OUT-2022, Quinta-feira

Misto de comédia com ação e um pé na ficção científica, Free Guy - Assumindo o Controle é um filme interessante calcado numa premissa bastante específica: uma história (ou a maior parte dela) que acontece dentro do universo de um vídeo-game de mundo aberto. Ainda que o longa tenha encontrado seu lugar junto ao seu público-alvo, é exatamente esse aspecto que acaba afastando quem não está familiarizado com esse mundo já que muitas ações e referências passam batidos, carecendo de razoabilidade e identificação. Ryan Reynolds é o protagonista Guy, um bancário cuja vida aparentemente perfeita é abalada quando ele se interessa por uma moça enigmática (Jodie Comer). É por causa dela que ele acaba descobrindo que o mundo onde vive é na verdade um vídeo-game, e que seu papel nele é o de um personagem não-jogável (NPC, ou non-playable character), um coadjuvante em todos os sentidos com o qual ninguém deveria se importar. Essa constatação tem consequências devastadoras não só para ele, mas também para aqueles que no mundo real jogam o jogo ou trabalham no seu desenvolvimento. Completamente voltado para o puro entretenimento, Free Guy somente resvala nos aspectos metafísicos envolvidos na história, preferindo ao invés disso referenciar um punhado de jogos eletrônicos e personagens famosos associados. Quanto ao elenco, atenção para a participação alucinada do diretor neozelandês Taika Waititi (famoso pelos filmes do Thor) como o CEO da empresa responsável pelo jogo do filme.