Cinema

The Dirt - Confissões do Mötley Crüe

The Dirt - Confissões do Mötley Crüe
Título original: The Dirt
Ano: 2019
País: Estados Unidos
Duração: 107 min.
Gênero: Drama
Diretor: Jeff Tremaine (Vovô Sem Vergonha)
Trilha Sonora: Paul Haslinger (Miracle Mile, Trapaceiros, Anjos da Noite)
Elenco: Colson Baker, Douglas Booth, Daniel Webber, Iwan Rheon, Kathryn Morris, Pete Davidson, David Costabile, Leven Rambin, Rebekah Graf, Tony Cavalero, Max Milner, Katherine Neff, Jordan Lane Price, Christian Gehring
Avaliação: 7/10

Visto via Netflix em 4-ABR-2019, Quinta-feira

Versão em celuloide da biografia da controversa banda Mötley Crüe, co-escrita pelos próprios, The Dirt apresenta os primórdios do grupo e os acompanha até a reunião que se seguiu à sua separação. Formado pelo baterista Tommy Lee (Colson Baker), pelo guitarrista Mick Mars (Iwan Rheon), pelo vocalista Vince Neil (Daniel Webber) e pelo baixista Nikki Sixx (Douglas Booth), o grupo apostava em performances extremas para atrair a atenção do público enquanto se jogava completamente em toda espécie de excesso associado ao meio na época (sexo e drogas, principalmente). Convenhamos, o sucesso não teria vindo se não houvesse um nível equivalente de qualidade musical, o que fica evidente no modo como algumas das músicas mais marcantes da carreira da banda são exploradas na narrativa, como Take Me to the Top, Shout at the Devil e Live Wire!. O foco da narrativa se alterna entre os vários integrantes da banda, que tecem observações sobre os acontecimentos com conotações pessoais e muitas vezes divertidas, que o diga a passagem em que Ozzy Osbourne (Tony Cavalero) protagoniza uma competição de urina e cheira uma carreirinha de formigas. Infelizmente, a tempestuosa relação entre Tommy Lee e a atriz Pamela Anderson não é sequer mencionada no filme. Para os fãs tudo fará mais sentido, mas nada desabona o longa como uma boa diversão para quem nunca ouviu falar da banda.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!