Cinema

Um Jantar para Idiotas

Um Jantar para Idiotas
Título original: Dinner for Schmucks
Ano: 2010
País: Estados Unidos
Duração: 114 min.
Gênero: Comédia
Diretor: Jay Roach (Austin Powers - Um Agente Nada Discreto, Austin Powers - O Agente Bond Cama, Entrando Numa Fria)
Trilha Sonora: Theodore Shapiro (Arthur - O Milionário Irresistível, O Grande Ano, Apenas uma Chance)
Elenco: Steve Carell, Paul Rudd, Jemaine Clement, Zach Galifianakis, Stephanie Szostak, Lucy Punch, Bruce Greenwood, David Walliams, Ron Livingston, Larry Wilmore, Kristen Schaal. P.J. Byrne, Andrea Savage, Lucy Davenport, Chris O'Dowd, Jeff Dunham, Octavia Spencer
Avaliação: 5/10

Visto via Netflix em 25-NOV-2018, Domingo

Nesta refilmagem norteamericana do longa francês O Jantar dos Malas, Paul Rudd é um executivo ambicioso que finalmente vê aberta uma janela para a promoção que tanto almejava. A pegadinha imposta pelos chefes, no entanto, é que ele deve levar consigo a um jantar especial a pessoa mais idiota que puder encontrar, para o deleite bizarro dos magnatas da companhia. Contrariando a voz do bom senso na pessoa de sua bela namorada (Stephanie Szostak), o rapaz decide convidar para o jantar um taxidermista maluco que cruza seu caminho por acidente (Steve Carell). Muita coisa ainda acontece até o momento fatídico, pois basicamente o convidado encarna em seu novo amigo de uma maneira que chega a ser doentia, o que rende desde alguns momentos engraçados até as situações mais forçadas e constrangedoras possíveis, muitas delas envolvendo a stalker alucinada feita por Lucy Punch ou o macho-alfa selvagem interpretado com absoluta cara-de-pau por Jemaine Clement. Rudd e Carell fazem de tudo para driblar a implausibilidade da premissa inicial, construindo personagens que poderiam muito bem serem adequados a uma história mais condizente. O clímax, por exemplo, joga tudo no ventilador e finaliza com um desfecho relativamente fraco.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!