Cinema

A Noiva do Re-Animator

A Noiva do Re-Animator
Título original: Bride of Re-Animator
Ano: 1990
País: Estados Unidos
Duração: 96 min.
Gênero: Terror
Diretor: Brian Yuzna (O Dentista, Progeny - O Intruso, Necronomicon - O Livro Proibido dos Mortos)
Trilha Sonora: Richard Band (Rebelião do Século 21, Natal Sangrento 4 - A Iniciação, O Castelo Maldito)
Elenco: Jeffrey Combs, Bruce Abbott, Claude Earl Jones, Fabiana Udenio, David Gale, Kathleen Kinmont, Mel Stewart, Irene Cagen, Michael Strasser, Mary Sheldon, Marge Turner, Johnny Legend, David Bynum, Noble Craig, Kim Parker, Charles Schneider
Avaliação: 7/10

Visto via Tubi TV em 31-JUL-2020, Sexta-feira

Em vista do sucesso relativamente inesperado do hoje clássico Re-Animator o lançamento de uma continuação era somente uma questão de tempo, e nesse sentido até que A Noiva do Re-Animator demorou um pouco para ver a luz do dia. A espera vale a pena porque a sequência não só mantém o tom de loucura megalomaníaca do filme original, mas vai além ao fazer uma espécie de homenagem-paródia ao clássico A Noiva de Frankenstein. Após a apoteose de sangue que encerrou a primeira história, Herbert West (Jeffrey Combs) e seu melhor amigo Dan (Bruce Abbot) continuam a trabalhar ao redor de muitos corpos decepados em solo estrangeiro, porém pouco tempo depois eles acabam retornando ao hospital onde tudo aconteceu. West não sossega o facho nem quando passa a ser investigado por um detetive de fala mansa (Claude Earl Jones), prosseguindo em suas pesquisas com o intuito de conceber um ser humano a partir de partes de corpos e do coração da namorada falecida do amigo, recuperado sorrateiramente da galeria de provas do hospital. A maluquice maior desta vez fica por conta da cabeça voadora de um dos personagens zumbificados no primeiro filme. E dá-lhe toneis e seringas com o soro verde capaz de reanimar cadáveres (ou pedaços deles), enquanto um interesse amoroso do doutor Dan (Fabiana Udenio) aparece para bagunçar os objetivos da dupla.

A saga de Herbert West continua em Re-Animator - Fase Terminal, lançado em 2003.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!