Cinema

Juventude Selvagem

Juventude Selvagem
Título original: The Young Savages
Ano: 1961
País: Estados Unidos
Duração: 103 min.
Gênero: Drama
Diretor: John Frankenheimer (O Anjo Violento, O Homem de Alcatraz, Sob o Domínio do Mal)
Trilha Sonora: David Amram (Clamor do Sexo, Movidos Pelo Ódio)
Elenco: Burt Lancaster, Dina Merrill, Edward Andrews, Vivian Nathan, Shelley Winters, Stanley Kristien, John Davis Chandler, Neil Burstyn, Luis Arroyo, Larry Gates, Telly Savalas, Pilar Seurat, Jody Fair, Roberta Shore, Milton Selzer, José Pérez
Avaliação: 6/10

Visto via Tubi TV em 10-JUN-2021, Quinta-feira

Depois de estrear na direção de longas-metragens com No Labirinto do Vício e ainda fazer alguns trabalhos para a TV, foi em Juventude Selvagem que o diretor John Frankenheimer iniciou efetivamente uma bem-sucedida carreira no cinema. O drama investigativo que culmina num embate de tribunal conta com Burt Lancaster no papel de um promotor que fica responsável pelo caso de um jovem porto-riquenho cego cruelmente assassinado por três adolescentes pertencentes a uma gangue rival. O que começa como algo praticamente certo evolui para um emaranhado de incertezas à medida em que o promotor começa a interrogar envolvidos e parentes, em especial a mãe de um dos acusados (Shelley Winters) com quem ele tivera um relacionamento no passado. Os meandros sociais que permeiam Juventude Selvagem são apresentados com clareza suficiente para fazer a história funcionar, mas o roteiro carece de complexidade e não é muito claro no modo como conduz as revelações acerca de alguns personagens chave. Certas passagens no trecho do tribunal não levam a lugar algum, já a culpabilidade de cada um dos acusados fica estampada na cara de cada um deles (John Davis Chandler exala uma completa falta de escrúpulos do início ao fim do filme, por exemplo).