Cinema

Jadotville

Jadotville
Título original: The Siege of Jadotville
Ano: 2016
País: Àfrica do Sul, Irlanda
Duração: 108 min.
Gênero: Guerra
Diretor: Richie Smyth
Trilha Sonora: Joseph Trapanese (Shimmer Lake, Lobo Guerreiro 2, Power)
Elenco: Jamie Dornan, Mark Strong, Jason O'Mara, Guillaume Canet, Danny Sapani, Mikael Persbrandt, Emmanuelle Seigner, Michael McElhatton, Gérard Rudolf, Fionn O'Shea, Sam Keeley, Ronan Raftery, Mike Noble, Fiona Glascott, Melissa Haiden, Jordan Mifsud
Avaliação: 8/10

Visto via Netflix em 24-AGO-2020, Segunda-feira

Imediatamente após a independência do Congo, no início da década de 60, o país entrou numa espiral de conflito que culminou no assassinato do primeiro-ministro Patrice Lumumba nas mãos de opositores do regime. Esforços foram feitos de vários lados para apaziguar as tensões no país, tais como as missões de paz enviadas pela ONU. É assim que Jadotville começa. O filme relata o fatídico desenrolar de uma dessas missões, quando um destacamento irlandês se viu atacado por forças insurgentes na pequena cidade de Jadotville, sendo praticamente abandonado pelos líderes responsáveis pela operação. Aparentemente bem fundamentado e retratando com fidelidade o panorama geral dos eventos reais, Jadotville é um filme de guerra interessante e envolvente, que também vale a pena ser visto como relato histórico. A transformação do comandante irlandês (Jamie Dornan) de um estrategista teórico a brilhante líder de campo é feita com bastante competência, assim como sua relação com o mercenário francês que liderou o exército de invasores (Guillaume Canet). O filme captura com maestria a participação da ONU no tumulto político (que foi na verdade um capítulo menor do desenrolar da guerra fria), pecando somente por não explicar melhor o envolvimento das grandes nações.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!