Cinema

Armadilhas do Amor

Armadilhas do Amor
Título original: Serious Moonlight
Ano: 2009
País: Estados Unidos
Duração: 81 min.
Gênero: Comédia
Diretor: Cheryl Hines
Trilha Sonora: Andrew Hollander (A Era Perfeita do Rock'n'Roll, Meu Trabalho é um Parto, Procurando Mônica Velour)
Elenco: Meg Ryan, Timothy Hutton, Justin Long, Kristen Bell, Derek Carter, Bill Parks, Kimberlee Peterson, Nathan Dean, Andy Ostroy
Avaliação: 7/10

Visto via Netflix em 20-NOV-2018, Terça-feira

Durante uma grande parte do seu tempo de projeção, Armadilhas do Amor parece uma das obras sobre relacionamentos de diretores renomados como Ingmar Bergman ou Woody Allen, porém às avessas e com sérios rompantes histéricos. Acreditem, digo isso como um elogio. A história começa quando uma advogada bem-sucedida (Meg Ryan) resolve chegar um dia mais cedo em sua casa de campo para surpreender o marido (Timothy Hutton) mas acaba encontrando-o prestes a deixá-la por ter se apaixonado por uma mulher mais jovem (Kristen Bell). Num ato desesperado, ela o nocauteia e o amarra a uma cadeira (e a seguir ao vaso sanitário) com a intenção de fazê-lo mudar de ideia custe o que custar. Segue-se uma lavação de roupa suja que mistura humor negro, astutas observações maritais e a inesperada intrusão de um assaltante (Justin Long) que pode tornar toda a situação ainda mais trágica. Hutton e Ryan estão ótimos juntos, mas é ela a força motora que impulsiona o roteiro maluco ao fazer uma espécie de autoparódia com a aura de namoradinha de Hollywood que ela própria encarnou por anos. A cada passagem meio constrangedora segue-se outra muito engraçada, numa comédia não tão romântica que é facilmente subestimável mas está definitivamente acima da média.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!