Cinema

Lavender

Lavender
Título original: Lavender
Ano: 2016
País: Canadá, Estados Unidos
Duração: 92 min.
Gênero: Terror
Diretor: Ed Gass-Donnelly (Bela Cidade, Contos Góticos de Crimes, O Último Exorcismo - Parte II)
Trilha Sonora: Sarah Neufeld (Chevrolet Azul), Colin Stetson (O Medo, Criminosos e Anjos)
Elenco: Abbie Cornish, Diego Klattenhoff, Justin Long, Dermot Mulroney, Lola Flanery, Peyton Kennedy, Liisa Repo-Martell, Sarah Abbott, Stuart Hughes, Hardee T. Lineham, Katie Odegaard, Mackenzie Muldoon, David MacNiven
Avaliação: 5/10

Visto via Netflix em 24-JUN-2021, Quinta-feira

Depois de sofrer um acidente de carro que a deixa amnésica e expõe fraturas que ela desconhecia em seu corpo, uma fotógrafa que tem fixação por casas antigas (Abbie Cornish) decide tentar descobrir mais sobre seu passado por conselho de seu próprio médico (Justin Long). O problema é que um evento traumático ocorrido em sua infância pode piorar ainda mais a relação conturbada que ela tem com o marido (Diego Klattenhoff) e a própria filha (Lola Flanery). A investigação que se segue só faz abrir mais feridas. À estrutura de suspense clássica de Lavender são adicionados alguns sustos e passagens tensas, o que evolui em seu terço final para uma história de fantasmas de contornos trágicos (o título do filme tem a ver com uma canção infantil que a protagonista entoava com a irmã falecida). Apesar de bem fotografado e valorizado pela figura extremamente fotogênica da australiana Abbie Cornish, o filme não consegue caracterizar muito bem a relação entre os membros da família central da história, além de enfiar os pés pelas mãos ao retratar a reação de um dos personagens-chave durante o desfecho. Se não houver grandes expectativas o filme agrada, de resto ele pode decepcionar os fãs mais assíduos do gênero.