Cinema

K-9 - Um Policial Bom pra Cachorro

K-9 - Um Policial Bom pra Cachorro
Título original: K-9
Ano: 1988
País: Estados Unidos
Duração: 101 min.
Gênero: Comédia
Diretor: Rod Daniel (O Garoto do Futuro,   Tal Pai, Tal Filho)
Trilha Sonora: Miles Goodman (Uma Razão para Viver [1985], Férias Muito Loucas)
Elenco: Jim Belushi, Kevin Tighe, Mel Harris, Ed O'Neill, James Handy, Daniel Davis, Cotter Smith, John Snyder, Pruitt Taylor Vince, Sherman Howard, Jeff Allin, David Haskell, Alan Blumenfeld, William Sadler, Marjorie Bransfield, Mark Mooring
Avaliação: 5/10

Revisto via Netflix em 2-DEZ-2020, Quarta-feira

Filmes de parceiros policiais proliferaram aos montes nos anos 80 após o sucesso de 48 Horas. K-9 - Um Policial Bom pra Cachorro também pertence a essa onda, mas vem com uma pequena diferença: um dos integrantes da dupla é um pastor alemão rabugento e temperamental, mais ou menos como o detetive abusado (Jim Belushi) que o solicita para ajudar a desbaratar um caso de tráfico de drogas e prender o chefe de toda a operação (Kevin Tighe). A relação entre eles começa da maneira mais improvável possível, principalmente pelo fato do policial não ter afinidade nenhuma com cães. Tendo já provado que podia se aventurar em trabalhos de ação, Belushi encarna aqui uma espécie de variação do Axel Foley de Um Tira da Pesada, demonstrando estar bem à vontade com seu parceiro canino. O roteiro não se aprofunda em nenhum momento, optando por caracterizar os personagens mais importantes enquanto o duo central faz suas palhaçadas ao longo do filme. É tudo muito leve apesar dos pequenos rompantes de violência, sem qualquer aspecto que faça o filme ficar acima da média. De qualquer forma, chama a atenção a beleza de Mel Harris, que interpreta a relutante namorada de Belushi.

O filme recebeu uma continuação para a televisão em 1991 intitulada K-9000 - Um Policial Mil Vezes Melhor, porém sem Jim Belushi. Ele voltaria ao personagem na sequência seguinte, lançada em 1999 com o título K-911 - Um Policial Bom pra Cachorro 2.