Cinema

Jasão e os Argonautas

Jasão e os Argonautas
Título original: Jason and the Argonauts
Ano: 1963
País: Estados Unidos, Inglaterra
Duração: 104 min.
Gênero: Ficção científica
Diretor: Don Chaffey (Um Grande Amor Nunca Morre, Mil Séculos Antes de Cristo, A Rainha Viking)
Trilha Sonora: Bernard Herrmann (Marnie - Confissões de uma Ladra, O Amor Faz Milagres, Taxi Driver)
Elenco: Todd Armstrong, Nancy Kovack, Gary Raymond, Laurence Naismith, Niall MacGinnis, Michael Gwynn, Douglas Wilmer, Jack Gwillim, Honor Blackman, John Cairney, Patrick Troughton, Andrew Faulds, Nigel Green, Ennio Antonelli, Harold Bradley
Avaliação: 7/10

Visto via Netflix em 26-SET-2020, Sábado

Filme baseado num episódio clássico da mitologia grega, Jasão e os Argonautas marcou época graças à narrativa aventuresca e aos efeitos especiais ainda hoje impressionantes a cargo de Ray Harryhausen, que para muitos é o verdadeiro responsável por seu sucesso tardio (o longa não foi bem de bilheteria na época de seu lançamento). Após clamar para si o trono da Tessália, o monarca usurpador (Douglas Wilmer) se vê à mercê de uma profecia que diz que o filho do rei deposto retornará para reclamar o trono. Graças às maquinações dos deuses do Olimpo Zeus (Niall MacGinnis) e Hera (Honor Blackman), ele próprio é quem acaba enviando o tal filho, já adulto e batizado de Jason (Todd Armstrong) em busca do lendário velo de ouro, que lhe dará poder suficiente para cumprir sua missão. Auxiliado por uma equipe de corajosos marinheiros a bordo do navio Argo, Jason parte rumo a uma terra distante e enfrenta todo tipo de perigo ao longo do caminho, além, é claro, de receber uma ajuda mais que bem-vinda da bela princesa Medeia (Nancy Kovack). Movimentado o suficiente e muito valorizado por efeitos especiais que misturam o famoso stop-motion de Harryhausen a miniaturas e superposições, Jasão e os Argonautas é um deleite para os fãs de mitologia grega, independente de quão fiel o filme é aos contos clássicos.

O desfecho da história dá a entender que uma continuação seria realizada, porém isso nunca chegou a acontecer.

Valid XHTML 1.0!Valid CSS!