Cinema

Não Olhe para Cima

Não Olhe para Cima
Título original: Don't Look Up
Ano: 2021
País: Estados Unidos
Duração: 138 min.
Gênero: Comédia, Ficção científica
Diretor: Adam McKay (O Âncora - A Lenda de Ron Burgundy, Ricky Bobby - A Toda Velocidade, Quase Irmãos)
Trilha Sonora: Nicholas Britell (A Mala e os Errantes, A Guerra dos Sexos, Se a Rua Beale Falasse)
Elenco: Leonardo DiCaprio, Jennifer Lawrence, Meryl Streep, Cate Blanchett, Rob Morgan, Jonah Hill, Mark Rylance, Tyler Perry, Timothée Chalamet, Ron Perlman, Ariana Grande, Kid Cudi, Himesh Patel, Melanie Lynskey, Michael Chiklis, Chris Evans
Avaliação: 8/10

Visto via Netflix em 30-ABR-2022, Sábado

Apesar de derivativo do ponto de cista conceitual, Não Olhe para Cima soa na verdade como um sopro de originalidade por misturar comédia e ficção científica apocalíptica. O nível de crítica de cunho satírico também é bastante contundente na história da dupla de astrônomos que certo dia descobre que um cometa de 10 quilômetros de diâmetro está a caminho da Terra e vai extinguir a vida no planeta caso a colisão se concretize. Professor (Leonardo DiCaprio) e aluna doutoranda (Jennifer Lawrence) se unem a um experiente acadêmico (Rob Morgan) em sua trajetória para alertar a presidente dos EUA (Meryl Streep) da ameaça iminente, mas tudo o que encontram pela frente é burocracia e desdém. Enquanto eles apelam para um programa televisivo de natureza duvidosa, um rico e visionário empresário (Mark Rylance) é arrastado para o centro do furacão quando sua empresa acaba sendo escolhida para colocar em prática as medidas que poderão, em teoria, salvar a humanidade. Além das óbvias pontadas de chacota com aqueles que estão no poder e do descontrole emocional dos responsáveis por divulgar as notícias, Não Olhe para Cima não se furta a retratar seus protagonistas como pessoas comuns e fadadas a erros, sem nenhum dos cacoetes heroicos esperados de blockbusters parecidos. É daí que o filme extrai a força dramática necessária para sustentar o desfecho corajoso. O elenco, fantástico, garante a outra metade do sucesso narrativo do longa. Cate Blanchett, por sinal, me surpreendeu por estar escondida a olhos vistos (só depois que o filme acabou que fui saber que ela estava ali o tempo todo).